Thiago Matheus lança primeiro disco. Ouça e baixe.

Thiago Matheus lança primeiro disco. Ouça e baixe.

Depois de duas ações seguidas de enorme repercussão, com dois clipes muito bem sucedidos, o cantor Thiago Matheus enfim abre a agenda de shows e lança seu primeiro disco. Com 8 faixas, o projeto recebe o nome de sua mais recente música de trabalho, “Moon Álcool”, e abre os trabalhos da turnê “Thiago Matheus In Vegas”, que começa no próximo dia 10/07.

Como as duas primeiras faixas trabalhadas mostraram, a intenção é mesmo causar. A música “Catra Presidente”, que ganhou um divertidíssimo clipe, ousou como nunca, renovando a ideia da participação do Mr Catra, que vinha ficando cada vez mais batida, e trazendo o rei do funk como presidente do Brasil, com direito a faixa presidencial, terno e tudo mais. A brincadeira rendeu memes e uma repercussão gigantesca.

E para quem achava que essa já tinha sido uma ideia deveras ousada e criativa, o clipe e a música seguintes foram muito além. Com uma letra e melodia que brincam com a dança clássica do rei do pop, Michael Jackson, o clipe trouxe a participação de ninguém menos que o próprio Mr. Jackson, pai do Michael. “Moon Álcool” foi um sucesso instantâneo e atingiu em tempo recorde cifras invejáveis no Youtube e nas redes sociais.

Boa parte das demais faixas do disco também seguem essa mesma idéia de brincar com jogos de palavras. “Gordelícia”, por exemplo, brinca com a nova onda dos gordinhos atraentes, que esse ano lavaram a alma com o hit ostentação “Gordinho Gostoso”. “Bi Bi” usa a onomatopéia do som da buzina do carro para contar a história de um rapaz que aguarda a chegada dos amigos, que buzinam para buscá-lo e depois levá-lo para a balada “Bi bi” pra buscar e “bi bi” no bar. E por falar em ostentação, “Piscina com onda” também embarca nessa onda, fazendo as vezes de canção ostentação do disco. Estas faixas citadas são as que prometem causar mais polêmica entre os conservadores.

Já a cota romântica do disco é preenchida pelas músicas “Tóquio”, “Amiga do meu amor” e “Colchão no chão”. As três, assim como as demais do disco, mostram também uma vibe teen, com expressões que fazem parte do cotidiano do jovem. “Amiga do meu amor” é a mais sertaneja do disco, mas essa linguagem teen da letra garante uma mistura inusitada entre o clássico e o moderno. “Colchão no chão” é a mais romântica, contando uma história de amor anti-ostentação, ao contrário da música “Piscina com onda”, citada mais acima. Bela letra, diga-se de passagem.

Com produção do pai Giuliano Matheus, que fez história na dupla Luiz Claudio & Giuliano e em diversas canções como compositor e hoje é um dos principais produtores musicais do gênero sertanejo, Thiago Matheus e sua equipe procuraram em primeiro lugar trabalhar a imagem do artista e gerar essa intensa repercussão nas redes sociais para só agora começar de fato um trabalho consistente em rádios, abrindo enfim a agenda de shows, principalmente nos estados de SP, MG e na região sul.

Vale lembrar que as músicas do disco são todas compostas pelo próprio Thiago em parceria com o pai. Essa parceria já rendeu hits como “Mãe, tô na balada” (Trio Bravana), “I love You” (Marcos & Belutti) e “Meia-noite e meia” (Guilherme & Santiago). O incrível trabalho feito nessa fase iniciou ajudou a trazer o Thiago Matheus para o mercado com uma força muito maior do que se esperava para um cantor estreante, o que fez dele uma aposta consistente para as próximas temporadas. É bom prestar bastante atenção.

Abaixo, a íntegra do disco. Para baixar, basta clicar AQUI.