TOP FIVE: Apostas 2024

TOP FIVE: Apostas 2024

Aquela, a aguardada e polêmica lista de apostas do Blognejo para o ano de 2024 que se segue.

Agora que o mercado parece ter se recuperado totalmente dos efeitos da pandemia, retomaremos a periodicidade semestral da lista. Até porque alguns dos nomes que vou trazer hoje já caminham para a consolidação, mesmo tendo uma carreira relativamente recente.

Lembrando que os nomes que eu aponto na MINHA lista de apostas são de artistas que nunca estiveram nessa lista antes. Alguns nomes que vão se destacar em 2024, por exemplo, já apareceram no Blognejo na lista de apostas e, por isso, não serão mencionados aqui. Mas eu devo trazer em breve um texto em vídeo sobre tendências para 2024 e vou mencionar algumas situações que acredito que ocorrerão esse ano, o que inclui esses artistas.

Para saber quem já esteve em listas do Blognejo, é só acessar www.blognejo.com.br e procurar por APOSTAS no campo de pesquisa do site. Você pode fazer a mesma coisa no campo de pesquisa do YouTube e do Instagram. Por favor, faça isso antes de comentar pra não passar vergonha levando uma patada minha nos comentários. Depois não diga que eu não avisei.

Vamos à lista.

5° Fiorella

A nova aposta de Fernando & Sorocaba tem ainda alguns obstáculos a superar. A princípio, a idade (15 anos) ainda é um ponto complicado que acaba atrapalhando um pouco a agenda de shows. E o excesso de comparações com a Ana Castela tem sido mais prejudicial do que favorável à laçadora. Mas é inegável que o Sorocaba é um expert na arte de lançar novos artistas (talvez o único artista do primeiro escalão que seja). Luan Santana que o diga. E o Fernando provou também ter feeling pro negócio quando apostou em Lauana Prado. O talento e carisma da Fiorella, além do acordo comercial já fechado com a Sony Music, devem servir de base pra Fiorella conquistar seu espaço. Basta só o Fernando e o Soroca conseguirem encontrar um caminho próprio para ela.

4° Bruno Cesar & Rodrigo

Bruno Cesar & Rodrigo são egressos de carreiras solo e de um trabalho intenso na noite paulistana, mas abandonaram temporariamente os palcos e se consagraram no mundo da composição para só então tentarem novamente uma carreira em âmbito nacional, desta vez em dupla. A primeira empreitada foi interrompida pela pandemia, mas agora a dupla voltou com um apoio inestimável de Zé Neto & Cristiano. E o fato de serem os primeiros artistas empresariados pelo Zé e pelo Cris faz com que a vontade de fazer dar certo realmente seja maior do que o normal.

3° Luigi & Leandro

Sempre tem espaço pra uma dupla ou cantor que tenha foco total na qualidade. Todos os anos ao menos uma dupla se destaca por agradar ao público mais tradicional. Para esse ano, eu aposto em Luigi & Leandro para cumprir essa cota. Além do dueto espetacular, os caras tem se destacado como compositores de algumas das canções mais profundas dos últimos anos, como “Estrelinha”, “Cheiro de Terra” e outras. Mas engana-se quem pensa que a linha dos caras foge do comercial. Pelo contrário. Os recentes projetos da dupla os colocam em total competitividade no mercado. E se faltava uma equipe que de fato quisesse fazer acontecer, não falta mais. O pessoal que tá cuidando da dupla atualmente está realmente focado em fazê-los acontecer em 2024. E eu acredito.

2° João Marcos & Danilo

Visão de mercado, domínio da Internet, carisma, talento na voz e na caneta. Os meninos da Kombi reúnem tudo que é preciso. E só precisam daquele empurrão financeiro definitivo para irem para as cabeças também no circuito de shows e nas plataformas digitais, já que nas redes sociais eles já são praticamente consolidados. João Marcos & Danilo são uma dupla com potencial não apenas pra estourarem mas também para manterem uma considerável relevância no mercado por décadas de carreira. Atenção, empresários e investidores!!!

1° Traia Véia


Quem diria que o diferente com qualidade acabaria chamando a atenção, né? O Traia Véia surgiu de forma tímida como uma aposta interessante, fez um DVD em Goiânia com algumas participações bacanas e começaram a gerar um burburinho forte nos bastidores. A música “Eu não previ”, com Murilo Huff, caiu no gosto da galera. Mas quando a gente poderia pensar que o grupo teria uma certa dificuldade em consolidar a aposta, o grande e queridíssimo Toninho Duettos, responsável pelo sucesso de nomes como Cristiano Araújo, Maiara & Maraísa e Zé Neto & Cristiano, abraçou a causa do Traia e resolveu arregaçar as mangas pra fazer deles o primeiro produto que ele consegue estourar sozinho, depois de sua saída da WorkShow. De cara, a música “Eu não previ” ganhou uma sobrevida mais de 6 meses depois do seu lançamento, está no Top 10 do Spotify, e o Traia Véia já vai ganhar seu segundo e grandioso DVD no Vibra São Paulo em fevereiro, pra se tornarem artistas de abrangência nacional logo no primeiro semestre. A moral que o Toninho tem na música brasileira com certeza deve ser o trunfo do grupo mais original dos últimos anos. E quem diria que depois do Tradição e do Nechivile ainda veríamos um grupo com condições de competir nacionalmente com os maiores nomes do sertanejo.