TOP FIVE – Apostas para 2014

TOP FIVE – Apostas para 2014

Primeira postagem do ano e, como de praxe, o Blognejo traz para vocês, amados e adorados leitores, uma lista com os artistas que eu acredito que mais possam se destacar nas próximas temporadas. Este ano, no entanto, temos como adendo o fato, que todos no mercado concordam, de que 2013 terminou sem ter tido O grande nome do ano, o que esfria um pouco as expectativas com relação a novos artistas. Mesmo assim, eu particularmente acredito que os nomes abaixo têm as características necessárias para conquistarem um espaço considerável em 2014 ou nos próximos anos.

Mas antes, é bom falar sobre certos aspectos da nossa lista que alguns leitores parecem fazer questão de NUNCA entender. O fato de eu mencionar o ano de 2014 no título não quer dizer que eu acredito que os artistas listados aqui vão se destacar necessariamente este ano. Pode ser em 2014 ou no ano que vem, ou 2016, 2017, vai saber… As listas de apostas do Blognejo não têm um prazo definido. Seria querer demais, né, saber exatamente a data em que um artista vai conquistar de vez o sucesso. Já pensaram em quanto dinheiro eu ganharia fazendo previsões com minha bola de cristal?

E uma outra coisa que eu menciono em todo texto de apostas. Um artista que já foi mencionado em alguma lista anterior não entra de novo na lista de apostas, pelo simples motivo de ele já ter entrado antes. E, claro, mesmo sabendo que o índice de acertos do Blognejo é bacana, não serei idiota de dizer que acerto tudo. Tem artista que apareceu em uma de nossas listas mas que não virou mais nada. Mas muitos alcançaram, sim, o sucesso que o Blognejo achou que eles poderiam alcançar. O mesmo vale para os nomes abaixo. Pode ser que não alcancem o que a gente espera, mas se estão sendo colocados na lista é porque eu acredito que eles reúnem todos os elementos pra isso, ou seja, basta trabalharem direitinho que têm tudo pra dar certo.

Uma outra coisa que é bom mencionar é que 2013 ajudou a comprovar que o sertanejo de balada, de malícia, de swing, perdeu espaço. É quase 100% seguro dizer que estratégias de divulgação que envolvam apenas músicas de gosto duvidoso não vão mais funcionar, independente do investimento. Primeiro porque as rádios se posicionaram rigidamente contra esse tipo de música, principalmente se for arrocha. E segundo porque este tipo de estratégia denota antes de tudo que o artista em questão não sabe muito bem pra onde seguir e está priorizando um caminho que milhares de outros nomes já tentaram no começo do ano passado e em 2012, o que não é muito bem visto pelo mercado em geral. É bom reverem este tipo de estratégia, galera.

É claro que 2014 é um ano de grandes possibilidades para artistas como Israel Novaes, Lucas Lucco, Matheus & Kauan, Loubet, Laís, Bruninho & Davi, entre outros, porque os trabalhos de cada um deles já estão sendo muito bem executados e tudo mais, mas não vou mencioná-los abaixo porque todos já entraram em listas anteriores do blog.

Para conferir as listas anteriores antes de ler a lista abaixo, clique AQUI.

Vamos aos nomes…

SPÁRTACO

Esta é uma aposta pessoal minha. Eu sempre acreditei no Spártaco como artista. É boa pinta, tem talento, carisma e compõe muito bem. Muita gente (os céticos) pode estar lendo isto agora e imaginando coisas como “pô, mas o Spártaco não virou nada ainda”, entre outras frases parecidas. Mas acontece que ele tomou a melhor das decisões desde que iniciou a carreira solo: trabalhar com calma. E convenhamos, pra alguém que saiu de um projeto já com um DVD de alta qualidade armado pra começar um novo trabalho, provavelmente não seria difícil engatilhar uma estratégia de divulgação que envolvesse uma postura mais agressiva de investimento, né? Mas acontece que esse tipo de trabalho já não é uma garantia de sucesso. E o Spártaco parece ter percebido isso. Trabalhou devagar, fez shows menores durante todo o ano de 2013, evitou gastos desnecessários, e mesmo assim seu nome não deixou de ser lembrado pelo mercado. Ele pensou na carreira, o que é sensacional. E só em 2013 ele foi apontado como possível novo parceiro do Gustavo na dupla Fred & Gustavo e depois da Thaeme como novo Thiago, mesmo estando completamente focado em seu projeto solo. Bem, acho que isso mostra que o mercado continua de olho nesse rapaz, né?

EDY BRITTO & SAMUEL

Talvez estes sejam os caras que possam suprir a lacuna do mercado de artistas novos com postura mais conservadora, para atender a um público mais ligado a elementos retrôs da música sertaneja. Os dois ciganos são uma aposta do Rick (Rick & Renner) e se destacaram muito em 2013 com a música “Ponto G”, que acabou regravada por uma série de artistas, incluindo nomes como Gusttavo Lima, que deve lançá-la em seu próximo disco e no DVD Villa Mix. Tudo porque eles aparentemente deixaram de cumprir uma regrinha básica e que hoje em dia anda valendo mais do que muita gente imagina: contratar a exclusividade da canção junto aos compositores. Mesmo assim, a música ajudou a chamar a atenção para o incrível talento vocal da dupla e os colocou no mercado como uma aposta interessante. Mesmo reunindo aspectos que remetem mais ao sertanejo dos anos 90 ou à própria dupla Rick & Renner, eles fazem isso de um jeito moderno, o que pode lhes abrir ainda mais espaço no mercado atual. Tudo vai depender do que o Rick tem preparado pra eles em 2014.

MATHEUS FERNANDES

Este garoto reúne todos os elementos que fazem um artista ser comercial: músicas chiclete, carisma, um trabalho bem-feito, com um DVD muito bom gravado no Beack Park em Fortaleza… pera, em Fortaleza? Isso mesmo. Ele tem tudo o que um artista precisa ter pra dar certo no mercado sertanejo, com o adendo de ser nordestino. E levando em conta o quanto a música sertaneja importou influências da música nordestina nos últimos anos, acho que enfim chegou a hora de importarmos não apenas a música, mas também um artista. E sem dúvida alguma, o Matheus Fernandes parece ser o que mais se encaixa nas características que o público daqui de baixo procura em um novo artista. Basta que ele e sua equipe tenham coragem de sair de sua zona de conforto no Nordeste para vir aqui pra baixo enfrentar os leões do mercado sertanejo do Centro-oeste, Sudeste e Sul. Eu acredito, sim, que este projeto tem tudo pra dar certo em nível nacional.

MAIARA & MARAÍSA

Eu já falei sobre essa dupla e disse que era um nome em quem se devia prestar atenção, mas não havia chegado a incluí-la em nenhuma lista oficial. As gêmeas se destacaram muito em Goiânia e região nos últimos meses com a incrível música “No dia do seu casamento”. O fato de terem como um dos sócios no projeto o Jorge, da dupla Jorge & Mateus, só reitera o fato de que elas são, de fato, uma dupla das boas. A entrada no projeto, tempos atrás, de um empresário investidor bastante querido no meio trouxe para o mercado a confiança que talvez ainda faltasse. E agora elas estão com a faca e o queijo na mão. Umas música muito boa e que abriu espaço, sócios de renome e um mar de possibilidades à frente. É claro que sempre vão esbarrar naquela velha história do bloqueio do público com relação às mulheres no sertanejo. Mas será que depois de Paula Fernandes, Maria Cecília e Thaeme, isso ainda é tão forte como se pensa?

PEDRO PAULO & ALEX

A agenda dessa dupla foi um dos assuntos mais comentados nos últimos meses de 2013. Fecharam o ano com quase 60 shows em dois meses. Estão com um DVD programado para o começo de fevereiro, na cidade de Umuarama, de onde vieram, com a direção da Caverna Filmes, do André Jacques, e uma mega estrutura que vai incluir até uma carreta de vídeo. O estado do Paraná, aliás, é que tem sido a principal área de atuação dos caras. Mas eles já começaram a despertar muita atenção de contratantes e radialistas de outros estados, como Minas e São Paulo. O negócio ganhou tanta força e tem chamado tanto a atenção que este DVD provavelmente vai quebrar a barreira do Paraná e enfim levá-los ao restante do Brasil. É uma das apostas mais certas do mercado nos últimos meses. Só não vai dar certo se algo muito estranho acontecer, o que eu duvido.

Bem, é isso. Se quiserem opinar, fiquem à vontade. O campo de comentários é de vocês. Só espero que, antes de comentarem, leiam bem tudo o que escrevi, principalmente nos primeiros parágrafos deste texto.